Luís Antero | Gravações Sonoras de Campo (Field Recordings)


AÇOR TAMBOR - TRIO DE PERCUSSÃO TRADICIONAL DA SERRA DO AÇOR


tudo remonta à infância, agarrado às calças do gaiteiro Joaquim Carriço, correndo as ruas da aldeia no peditório para a festa anual de dezembro. o ritmo usado por estes gaiteiros tudo contagiava e a música tradicional brotava naturalmente daquela gaita, daquela caixa, daquele bombo. o ritmo esteve sempre presente até hoje, por vezes escondido, mas sempre presente, simbólica e fisicamente. e agora? talvez seja chegada a hora de pegar nesse ritmo, nessa música tradicional e transmiti-la a quem é sangue do meu sangue, a quem sente este ritmo, a quem não pára quieto, porque assim é a meninice, naturalmente ritmada e pronta a aprender, descontraída e divertidamente, nesta Serra que é nossa, neste Açor com asas que voam longe.

                                                                                                                                                                                                              Luís Antero


Açor Tambor - Trio de Percussão Tradicional da Serra do Açor é um projecto de percussão tradicional, composto por Luís Antero, Isaac Gonçalves e Samuel Gonçalves, pai e filhos, que combina a percussão tradicional (tambores/bombos) com o cancioneiro de raiz popular e as paisagens sonoras da(s) nossa(s) serra(s). Podemos imaginar, por exemplo, a roda do moinho a dar o mote para o ritmo de um tema intitulado “Ti Zé do Moinho” e dedicado ao moleiro que entretanto já não está entre nós. 

É esta relação com os lugares e as pessoas, através do imaterial (das gravações, das pesquisas, da tradição) e do material (do que existe e merece ser divulgado e valorizado) que nos toca e faz com que toquemos estes tambores, este ritmo que tem tanto de ancestral como de moderno e original.

 O sentido de pertença a um território, mais do que a um lugar, marca muito da nossa forma e maneira de estar e assim pretendemos continuar, aqui, neste pedaço de terra que também é nosso.

                                                                                                                                                                                                 Luís, Isaac e Samuel

Repertório:

O Açor Tambor faz uso das paisagens e marcos sonoros da Serra do Açor (oralidade, património acústico religioso, pastorícia, agricultura...), misturando-as com percussão tradicional. O cancioneiro tradicional da Serra do Açor e Serra da Estrela, principalmente, mas também da Beira Baixa e Trás-os-Montes, fazem parte do nosso repertório. Uma adaptação de "Ó Ti Alves", de José Afonso, é também interpretada por este grupo.

contacto: fonoantero@gmail.com




Deixo aqui também 2 vídeos promocionais, realizados pelo amigo Tiago Cerveira. O primeiro, aquando da estreia deste projecto em Alvoco das Várzeas, no âmbito do VIII Tradição e Transmissão, o Cancioneiro Popular da Freguesia de Alvoco das Várzeas, a 11 de dezembro de 2017; o segundo, filmado em Monforte da Beira, no âmbito do pic-nic/manifesto musical dos 7 anos do projecto A Música Portuguesa a Gostar Dela Própria, de Tiago Pereira, no dia 21 de janeiro de 2018.

Make a free website with Yola